terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

E assim foi o carnaval 2016 no Recanto...

 Eles bem que tentaram pegar carona com o Leonardo, mas não rolou...
 Sexta-feira de tarde, Leonardo estava preparando o carro e o reboque para a viagem e a Sissi não saiu de cima do reboque um minuto sequer. Em seguida juntaram-se a ela, o Trumbico e o Costelinha, e ali ficaram, de plantão, esperando a palavra mágica "vamos?". 
Mas a palavra mágica não ecoou, Leonardo saiu de madrugada para remar no Ibicuí, quase 500 km de viagem e nós ficamos cuidando do Recanto.
Agora preparem-se! Chamem as crianças para a sala, pois as cenas que virão daqui pra frente, são de um carnaval impactante...
 Já ouviram falar na casa da mãe Joana*?
 E assim foram os quatro dias de carnaval!
 Uns dentro de casa, outros no deck, como a Branquinha, dormindo em pé. Bem coisa de velho!
 Paçoca na área de serviço.
As irmãs cajazeiras*, Pituca e Lépi.
 O silêncio só era quebrado por alguns barcos, e essas duas lanchas que passaram no rio.
 Eles vão até o fim do braço morto e voltam.
O mesmo aconteceu com estas quatro motos náuticas.
 Mas, dependendo do estado de cansaço e calor do carnavalesco, alguns, nem tomam conhecimento do que acontece no rio.
 "Rio? Que rio???"
O que reinou nestes quatro dias de carnaval foi o calor. Insuportável!
 E viva o carnaval!

* As vezes uso uns termos, que nem mesmo eu sei o que significam ao certo. Normalmente, termos que cresci ouvindo, principalmente, pela minha mãe, que adora colocar apelidos nas pessoas, e cujo hábito eu herdei. 
Volta e meia chamo a Lépi e a Pituca por "cajazeiras", mas não sabia ao certo o que significava e fui perguntar para o sr. Google, que disse que, Cajazeiras é um município da Paraíba. Mas não era isso que eu queria e fui mais específica, colocando "irmãs cajazeiras" e aí sim, apareceu a novela "O Bem Amado" com suas personagens, três irmãs solteironas conhecidas por irmãs cajazeiras. 

Outro termo que usei nesta postagem foi o "casa da mãe Joana", que ouvi e falei a minha vida toda, mas não sabia a origem. Sr. Google, através da Wikipédia, me explicou que o termo é usado para  "indicar o lugar ou situação em que cada um faz o que quer, onde imperam a desordem, a desorganização."
Parece perfeito para a minha casa, invadida pela cachorrada! Socorro, Milan!!!!
A expressão se deve a Joana de Nápoles, que viveu na Idade Média e foi rainha de Nápoles e condessa de Provença. A história é bem interessante! Recomendo a leitura no Wikipédia!

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Borboleteando no carnaval

Neste carnaval, vou borboletear em casa, como esta linda que me deixou fotografá-la hoje de tarde.
  Elas são enormes e, hora parecem ser brancas, hora azuladas.
 Ficam borboleteando pelo Recanto e não param, sendo difícil fotografá-las. Mas esta, ficou um bom tempo pousada no pratinho dos gatos, que estava secando na área de serviço, parecia estar descansando, ou tentando fugir do calorão. Depois de um tempinho, voou. Será que foi pular carnaval?

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

E fevereiro começou assim no Recanto...

Florido!
 Com flores no caramanchão! 
E no pé de Romã!!!

domingo, 31 de janeiro de 2016

Domingo de chuva

Costelinha pensando com os botões dele: "chuva e chuva lá fora... fazer o quê??" 
Não sei o Costelinha, mas eu fiz bolinho de chuva e bordei! 

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Um Projeto Por Mês - Mesa de Jardim

Ele voltou!!!
Após o "recesso" de dezembro, a brincadeira idealizada pela bruxinha Márcia, do blog Poções de Arte , voltou para desentralharmos os baús com os trabalhos não terminados, ou colocarmos em prática aquele velho projeto visto em algum lugar, e guardadinho lá na gaveta dos sonhos, ou na gaveta do "um dia eu faço".
 Infelizmente, não consegui finalizar nenhuma costura, nenhum bordado, nem o casaquinho de tricô que comecei antes de dezembro e pretendia mostrar aqui, mas saiu um daqueles projetos que fica guardado na gaveta chamada "um dia o Leonardo faz"!
 Mas calma! Ele não fez 100% sozinho, olha eu ajudando aí!
 Eu e a cachorrada, claro!
 Desde que adquirimos o Recanto, em 2011, comentamos que, um dia, teríamos um banco na beira do rio.
 E este dia chegou esta semana!
Já havíamos conversado sobre como seria o banco e a mesa, mas o começo deste projeto não teve uma programação prévia. Simplesmente,  Leonardo resolveu aproveitar umas madeiras que  tinha no galpão e começou! 
 Estas madeiras eram os postes da cerca da casa dos sogros, em Nova Petrópolis, por anos e anos! E quando eu falo anos, tô falando de uns 20 anos. 
 E a madeira é melhor do que muita madeira recém comprada!
 "Ops! Lá se foi um martelo!"
 Acho, que o tampo da mesa deu mais trabalho do que todo o resto, pois teve o transporte das madeiras que estavam lááá na frente, na parte alta do Recanto, para baixo, para a beira do rio.
Depois, o Leonardo  colocou as tábuas como se a mesa estivesse pronta.

 Mas foi só para medir direitinho e cortar.
Levamos todas as tábuas cortadas para o galpão (sobe de novo!), onde o Leonardo montou e pregou o tampo da mesa.
 Depois tivemos que carregar o tampo pronto e super pesado para baixo e agora sim, está pronta!
 Nada como um merecido chimarrão na mesa nova, que não é exatamente, uma mesa de jardim, mas não fica bonito chamar de mesa de beira de rio.
 Vendo a foto agora, notei um detalhe que,  acho que vale a pena comentar, pois,  com as chuvas deste inverno a água do rio subiu até onde está a varetinha branca no chão, do lado direito da mesa.
 "Olhem pra cá, seus bocós!"
rararara Funcionou!
 Um beijo de agradecimento para o paaaai!!
Pronto! Esta é a minha primeira participação do ano, um projeto em parceria com o meu personal marceneiro e namorido nas horas vagas, Leonardo. 

E agora, lá vou eu, bisbilhotar o que o pessoal andou aprontando neste recesso! Quer vir comigo? É só ficar de olho nos links que vou atualizando abaixo.

Bruxa com Projeto PetFeliz e Layout da Lojinha
Andreza com Quadro Porta de Maternidade em Bastidor
Michelle com Cabideiro-Prateleira
Chris com Quadro de Bastidor, Reorganização do Material e Passeio
Ene com Repaginando prateleira
Lícia com Cabideiro e Quadro Cenário Banheiro
Eliane com Projeto Social - Centro de Solidariedade Humana
Elaine com Borda de Crochê em Cobertor Soft
Ana com Domínio + Layout
Alê com Flor e Organização
Daiane com Eu, vegetariana?
Lucia com Projeto Social e Bonequinhos de Madeira
Lilian com Painel de borboletas de material reciclado
Gabriela com Bandejas e vidros com manta de strass
Menina Prendada com Desapego em Dose Dupla
Sol com Dois em Um
Jo Turqueza com Decoupage em Tela de Pintura
Amara com Casinhas de Madeira
Cris Santos com Sala Renovada e Aniversário da Isabella
Princesa com Cavalinho de Meia
Patricia com Porta-retratos com Janelas e Caixotes
Jussara com Capas de Caderneta e Almofadas e Quadros
Luciana com Cadernos encapados com tecido